[Seminário] – Bergson, Metafísica e Filosofia – oito vídeos por uma introdução à leitura da obra de Bergson

Henri Bergson (1859 — 1941) foi um filósofo francês influente na obra de muitos pensadores, notadamente entre eles Gilles Deleuze. A filosofia de Bergson é a princípio uma negação, isto é, uma crítica às formas de determinismo e “coisificação” do homem. Em outras palavras, a sua pesquisa filosófica é uma afirmação da liberdade humana frente as vertentes científicas e filosóficas que querem reduzir a dimensão espiritual do homem a leis previsíveis e manipuláveis, análogas as leis naturais, biológicas e, como imaginou Comte. Seu pensamento está fundamentado na afirmação da possibilidade do real ser compreendido pelo homem por meio da intuição da duração – conceitos que perpassam toda sua bibliografia. O próprio filósofo chegou a dizer que para compreender a sua filosofia é preciso partir da intuição da duração.Duração, na obra de Bergson, é o correr do tempo uno e interpenetrado, isto é, os momentos temporais somados uns aos outros formando um todo indivisível e coeso. Oposto ao tempo físico ou sucessão divisível que é passível de ser calculado e analisado pela ciência, o tempo vivido é incompreensível para a inteligência lógica por ser qualitativo, enquanto o tempo físico é quantitativo.

Seminário de Metafísica Contemporânea, ocorrido em 25 e 26/04/2016, na Universidade de Brasília.

Comentários via Facebook

comments

One thought on “[Seminário] – Bergson, Metafísica e Filosofia – oito vídeos por uma introdução à leitura da obra de Bergson

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *