[Vídeo] – “As filosofias da natureza em Demócrito e Epicuro” – tese de Karl Marx

o jovem Marx, em 1841, desenvolveu uma pesquisa e tese de doutorado com o tema na filosofia da natureza em dois filósofos gregos, Demócrito e Epicuro. Marx irá mostrar, na sua tese, a diferença entre os dois, com destaque para a importância de Epicuro, o “iluminista radical da Antiguidade”, como dizem Marx e Engels, em A ideologia alemã.

Em sua tese observa o materialismo no pensamento de Epicuro, assim como fizeram os iluministas incluindo Bacon, mas observa um materialismo distinto daquele colocado em Demócrito, onde as leis da necessidade imperam e excluem o acaso. Mas Marx, em sua pesquisa, encontra um materialismo diferente do materialismo iluminista: embora focando a vida e a natureza em sua materialidade, observa o lugar da liberdade, do acaso e da autoconsciência.

O Prof. Eugênio Rezende (UFG), expõe nesta série de vídeos seu estudo sobre a tese em questão.

Comentários via Facebook

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *